This page contains a Flash digital edition of a book.
CAPA


A distribuição da Robe no Brasil Há 12 anos a Robe atua no País com a mesma


empresa, a importadora e distribuidora NewArt. No início, inclusive, a empresa vendia para o varejo, mas ao longo do tempo mudou a estratégia e passou a atender, exclusivamente, a companhias de locação, teatros, produtores de shows, estádios etc. Além do foco em soluções profi ssionais de iluminação, com a Robe, a empresa também atua com painéis de LED, com a NewLed, e ainda na área de comunicação sem fi o, com a Lummen Radio. O diretor da NewArt, Francisco Pinheiro, revela um


pouco mais sobre as peculiaridades da Robe no Brasil e sobre seu trabalho junto à marca.


Do início desse trabalho aos dias de hoje, quais foram as principais transformações no mercado brasileiro que impactaram em estratégias previamente estipuladas da Robe para o País? Houve mudanças tanto no mercado como com a marca. No início, o principal mercado eram as danceterias e pequenos shows, hoje esse mercado quase não existe para nós.


Qual é a posição da Robe no mercado brasileiro de iluminação? Líder do mercado profi ssional de iluminação.


Como o sr. avalia o potencial para os produtos da Robe no País? Como o mercado profissional de iluminação no Brasil é tão exigente quanto o de países do Primeiro


Mundo, o nosso potencial é muito grande devido à alta tecnologia existente nos produtos Robe. Com isso, a aceitação é praticamente de 100% dos locadores e riders internacionais.


Qual é o objetivo com a marca neste ano? Consolidar a marca com o maior número possível de shows durante a Copa do Mundo.


Em sua opinião, a ocorrência da Copa do Mundo se refl etiu, de fato, nas vendas? Crê que acontecerá o mesmo com os Jogos Olímpicos em 2016? Até o momento, a expectativa da economia do País é maior do que a expectativa dos eventos para o Mundial. Com relação aos Jogos Olímpicos, ainda é cedo para termos uma ideia.


Qual é o impacto da instabilidade do dólar para a marca no País? Como driblar os aspectos negativos desse cenário? Sem dúvida, é um fator negativo porque clientes com desejo de comprar acabam aguardando um momento melhor para investir em novos aparelhos. Essa situação não tem como ser driblada, pois se trata de produto importado.


O varejo brasileiro também trabalha com moving heads e diversos equipamentos de iluminação. Por que escolheram não fazê-lo? No início chegamos a vender no varejo, mas hoje é praticamente impossível, porque a tendência é que os produtos profissionais sejam cada vez mais comercializados por menos pessoas e estas sejam cada vez mais capacitadas.


Qual é o produto Robe mais vendido no Brasil? Há algum motivo especial para isso? Robin Pointe. O produto é sem dúvida maravilhoso e possivelmente o equipamento de iluminação mais completo do mercado.


Cite-nos três produtos essenciais da Robe para o mercado brasileiro e por que o são. Pointe, LEDWash 600, MMX Spot: tudo o que um iluminador precisa para fazer o show dos sonhos. (A.C.C.)


66 www.musicaemercado.com.br @musicaemercado fb.com/musicaemercado


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100  |  Page 101  |  Page 102  |  Page 103  |  Page 104