This page contains a Flash digital edition of a book.
10 razões para investir em educação musical


1.


Melhora o comportamento. A inteligência musical desenvolvida na infância ajuda na disciplina. Quando a musicalização é trabalhada em grupos musicais, o estudante aprende a respeitar uma hierarquia e saber a hora certa de se expressar musicalmente.


2. 3.


5.


Cria pessoas mais inteligentes. Mais que uma linguagem, a música desenvolve, além da percepção musical, as


percepções matemática, temporal e espacial através de seus elementos rítmicos, melódicos e harmônicos.


Desenvolve a coordenação motora. Concatenar movimentos dos dedos, pensar na articulação de mãos, braços e – em certos casos – de pernas é fundamental no aprendizado musical. Por essa razão, estudar música auxilia no desenvolvimento da coordenação motora.


4.


Aprimoramento sensorial. O hábito de se ouvir música se torna mais apurado. Quando se tem estudo musical, o ouvinte consegue compreender de maneira mais clara as intenções apresentadas no decorrer da peça musical, além de ter um campo sensorial maior, sendo capaz de perceber o diálogo que acontece na música entre os instrumentistas (coisa que o ouvinte comum não consegue perceber).


Estimula a paciência e a força de vontade. Quem deseja aprender a tocar um instrumento musical, desde o primeiro


contato, percebe que é exigido muito esforço e que não será algo para realizar da noite para o dia.


A percepção de que é necessário investir energia e tempo para conquistar as coisas é um dos grandes prêmios que a música dá ao ser humano.


6. 7.


8. 9.


Melhora o desempenho acadêmico. A música aumenta o raciocínio matemático, a criatividade e a facilidade


com a linguagem. Desta forma, jovens com formação musical possuem facilidade de se comunicar, de interpretar e de memorizar, garantindo um maior desempenho acadêmico.


Promove o autoconhecimento. O estudante de música começa a conhecer melhor o seu corpo. Visualizar o que está fazendo e que parte do corpo precisa articular, sempre pensando numa forma de se aprimorar. Conhecer a si mesmo para interagir com o outro objeto, o instrumento musical, é outro ganho importante.


Reduz o estresse. A atividade musical proporciona relaxamento por exigir concentração, fazendo com que o estudante se esqueça de todas as outras coisas.


Aumenta a satisfação pessoal. Seja de forma técnica ou intuitiva, tocar um instrumento musical gera satisfação


pessoal. Além de uma atividade cultural, a música diverte e ajuda na interação das pessoas.


10.


Promove a socialização. Seja qual for a faixa etária do praticante, a música reforça o sentimento de


convivência em grupo, proporcionando melhorias no relacionamento interpessoal.


Uma nova experiência com a música.


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100  |  Page 101  |  Page 102  |  Page 103  |  Page 104