This page contains a Flash digital edition of a book.
Nautimodelismo


car cheias de excelentes modelos, ora modelos comerciais ou construídos in- teiramente pelos modelistas. Entre mui- tos modelos alguns fizeram o bota abai- xo (nome que se dá quando um barco vai navegar pela primeira vez) e outros a sua primeira navegação oficial. Neste dia destacou-se o bota abaixo dos ca- tamarans “king of Shaves” e o “Off Sho- re” do Carlos, o rebocador “Pica Pau” do António, a lancha salva vidas “RNL 114-26” do Sérgio (modelo com duas superstruturas para se poder alternar), as primeiras navegações oficiais do “Coimbra” do José e do “Brites” do Joa- quim dois escalas de bacalhoeiros ain- da no activo e também o primeiro teste de “mar” da lancha dos pilotos “ Espi- nheiro” do Daniel.


Além dos modelos náuticos, houve modelos de automodelismo e aeromo- delismo que também fizeram um show


à imensa afluência da assistência que houve nos dois dias do evento. Nave- gando um pouco pela manhã e depois de colocar a conversa nautimodelistica em dia, chega a hora do almoço, au- menta a azáfama de volta das churras- queiras para se confeccionar o almoço, que foi oferecido aos modelistas nestes dois dias. Já no final do primeiro dia contamos com a presença marcada do Presidente da Câmara de Ílhavo, o Eng. José Ribau Esteves, ao qual tive o prazer de mostrar os modelos e eluci- dar sobre a parte técnica dos modelos e o que a T.E.A.M. vem desenvolvendo, apesar de ser o final do dia ainda as- sistiu a alguns modelos a navegar, es- pecialmente o hovercraft que o Carlos colocou a navegar a meu pedido. O segundo dia começa com a chega- da dos amigos do grupo de Matosinhos, que se juntaram aos restantes neste úl- timo dia. Com os seus vários modelos uns já conhecidos de outros encontros e outros novos, como por exemplo os barcos de pesca do Serafim e do Costa. Hora dos grelhados na mesa, seguindo mais navegações onde imperou sempre o companheirismo entre todos os mo- delistas e entre modelos de diferentes motorizações e tipos. Com o aproximar do fim do dia foi tempo de entrega de lembranças e o sorteio de um pequeno submarino (patrocínio Dias Guimarães), como os sorteios têm certas coincidên- cias, pela primeira vez o Paulo Agra ganhou um sorteio. Este nem chegou a ficar em sua posse pois mudou logo de mãos, o seu pequeno novo proprietário ficou radiante com o seu submarino. E assim chegou ao final mais um evento da T.E.A.M. no magnífico local


que é o Jardim Oudinot, para o ano ha- verá mais. Este foi o relato possível, pois com tanta actividade a acontecer em simultâneo não se consegue participar de tudo e o mais importante fazer um relato exacto.


Agradeço mais uma vez a todos os modelistas e a suas respectivas famílias por mais estes dois dias fabulosos, obri- gado e até um dia destes.


Texto e Fotos: Paulo Agra


Julho 2011 70


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100