This page contains a Flash digital edition of a book.
Surf, Longboard & BodyBoard Foto: Pedro Graça (Frogs Digital)


O LADO “C” DO BB


ARRANQUE DO CIRCUITO NACIONAL DE ESPERANÇAS 2011


N


um total de 6 etapas, de norte a sul do país, o Circuito Nacio- nal de Esperanças arrancou na Praia do CDS na Costa de Caparica, nos dias 25, 26 e 27. Em disputa estão as catego- rias de sub-12, sub-14, sub-16, sub-18 e sub-18 Feminino. De salientar que na época transacta os campeões nacionais das respectivas categorias foram: no feminino Teresa Almeida, nos sub- 18 Daniel Fonseca, nos sub-16 Pedro Silva, nos sub-14 Miguel Adão e na categoria mais nova, sub-12, Guilherme Guerra. Com um início de circuito onde estiveram presentes perto de 100 atletas, a praia escolhida para a prova, presenteou os jovens compe- tidores com ondas a rondar os 1,5 metros de altura, uma temperatura amena e um sol radiante, fazendo esquecer o inverno rigoroso que passou. As boas ondas foram uma constante ao longo da prova e durante os três dias os atletas compareciam ao check-in que estava marcado para as 9 horas. Quanto aos resultados, no feminino a luta pelo cimeiro foi divida


Publicidade J & T Borges


Comércio de Metais, Lda. T


Tl Tlm:l 918 59 918 592 956 918 592 956 | T 92 956 Ti 56 | Tiago B Borges 916 449 627 | Jakeline Borges


Tel./Fax: 212 121 291 | e-mail: J-tborges@hotmail.com Rua dos Laminadores, 17 - B


Parque Industrial do Seixal | 2840-586 Paio Pires


entre a Ana Sofia Esgaio, da Nazaré, e Madalena Pereira, de Carca- velos, sendo a primeira atleta a sair vencedora desta disputa, fican- do Madalena Pereira com a segunda posição. Na terceira e quar- ta posição ficaram Beatriz Morgado, da Figueira da Foz, e Neuza Florêncio, da Nazaré.


Na categoria dos mais novos, sub-12, onde só estavam inscritos cinco atletas, o vencedor foi Tomás Silva, da Figueira da Foz, levan- do a melhor sobre os restantes competidores. Na segunda posição ficou Pedro Machado, a ocupar o terceiro lugar do pódio ficou Miguel Teixeira, em quarto Gonçalo Sousa e por último na quinta posição Gonçalo Sousa.


No escalão de sub-14, o mérito vai para Guilherme Guerra que deixou o segundo classificado, Afonso Alexandre, a precisar de mais de 7 pontos. Na terceira e quarta posição ficaram Stegh Kokorelis e Gonçalo Rugeroni. Nos sub-16, Mauro Bandeiras, atleta oriundo das praias de Carca- velos e um assíduo das provas do Circuito Nacional Open, mostrou o seu potencial e à vontade garantindo a vitória na etapa. Em destaque esteve a sua passagem às fases seguintes sempre na primeira posi- ção. Gonçalo Pinheiro que rumo das água de Sagres até à Caparica ficou na segunda posição, seguido de Simão Monteiro e Pedro Levi. Na categoria, cuja disputa pelo lugar cimeiro é sempre aguerrida, a superioridade foi notória para o atleta de Peniche, Daniel Fonseca, que com uma onda de 8,17 pontos (em 10 possíveis) complicou a vida aos seus adversários. A defender o título de campeão nacional de esperanças em 2010, Daniel Fonseca inaugurou com uma vitória o inicio do circuito. Na segunda posição ficou o atleta Pedro Silva, seguido por Cesário Fonseca. Na quarta posição ficou Francisco Bessone, atleta local da Costa de Caparica, que apesar de conhecer bem aquela praia não teve sorte na escolha de ondas. Na próxima edição teremos o resumo do arranque do Circuito Mundial na mítica onda de Pipeline no Hawaii, onde estiveram pre- sentes alguns portugueses e mais novidades acerca da segunda Etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças. Não percam pitada…


93 Maio 2011


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100