This page contains a Flash digital edition of a book.
Kickboxing


o melhor combate da noite e talvez dos melhores a ocorrer no território nacional. Quem não compareceu na gala perdeu um pedaço da história do Kickboxing e Muay Thai nacional. O campeão Portu- guês José “Duba” Barradas (Portugal/ Team Guto) defrontava Kom Kalw Fair- tex (Tailândia. O Tailandês realizou o combate baseado em circulares fortíssi- mos da perna direita, enquanto “Duba” foi muito mais eclético e desmultiplicou mais golpes de cotovelos, punhos e pernas. Num domínio sempre constante em contras de “Duba” o atleta tailandês foi sempre subindo de rendimento e tentou aproximar-se para o corpo a cor- po com o adversário. Um combate de cortar a respiração em que termina com os dois atletas a fazer flexões de braços após o gongo final. A vitória foi encontrada aos pon- tos por Barradas que dedicou aos seus amigos, ao público ao Muay Thai a sua vitória. Parabéns ao atleta Português pela sua marca na história do Muay Thai nacional num embate contra um Tailan- dês fortíssimo. Terminou assim mais uma gala com a excelente qualidade sempre apresen- tada por Dina Pedro que agradeceu a presença do público presente.


Texto: Desportosdecombate.com 


/ KO Team) e Miguel Marcial (Espa- nha) se defrontarem em 4x2 Muay Thai -62kg. Foi um combate com pouca história onde no 1º assalto de estudo mutuo pouco acontecera e no inicio do 2º assalto o atleta Português com uma excelente joelhada na cabeça do ad- versário acaba por terminar o combate pela via mais rápida. Vitória para Tiago Rocha da KO Team.


Chegara a altura para o combate de 5x2 Muay Thai com Titulo Ibérico – 57kg em jogo. Catarina Valério (Portugal / Di- namite Team) encontrava Cristina Mo- rales (Espanha) para este embate. Foi um combate com um claro domínio do princípio ao fim da atleta Portuguesa onde se fica com a sensação que podia até ter terminado o combate mais cedo. Pouco a dizer desta atleta espanhola claramente abaixo do nível de Catarina Valério que a única virtude era aguentar muito bem os golpes da adversária. Vi- tória natural e com a homologação do titulo de campeã Ibérica para Catarina Valério.


Seguiu-se então o décimo quarto e ultimo combate da noite. Era o combate principal do cartaz e vinha a mostrar-se


Maio 2011 70


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100