This page contains a Flash digital edition of a book.
Atletismo


português), pelo que mantém a 7ª posição, enquanto Carlos Sá conserva a oitava posi- ção com um registo total de 22:32:42, embo- ra a distantes 9:35 de Konrad Von Allmen. O italiano Franco Zanotti é o 9º classificado da Geral e o atraso de 18:01 para o português já não deve constituir motivo de preocupa- ção. Nas senhoras, a francesa Laurence Klein continua a liderar, sendo actualmente a 20ª classificada com o tempo de 25.05.38. Marinho da Silva Teixeira ascendeu ao 123º lugar enquanto Rui Pedras era nesta altura o 673º classificado da Geral.


CARLOS SÁ NOS “RETRATOS” DO DIA Terminada a 5ª etapa, a comunicação so-


cial “repara” finalmente em Carlos Sá. Na página oficial do evento, a rubrica “Retra- tos”, revela que a descoberta de Carlos Sá se ficou a dever aos seus resultados que o atiraram para os primeiros lugares da classi- ficação. “Discreto e silencioso, passou pra- ticamente despercebido”, pode ler-se, antes de se relevar o “longo palmarés de corridas, principalmente de montanha e de ultra-dis- tância” de Carlos Sá. O artigo revela ainda que a Maratona das Areias “representava um sonho e um desafio” para o ultra-mara- tonista português e que, apenas graças ao


Publicidade


seu patrocinador, acabou por ser possível vê-lo “no seio da Elite mundial”. Carlos Sá explica que está aqui “para aprender, para se divertir e sobretudo para poder voltar no futuro com uma preparação específica para esta corrida”. Em suma, a sua presença aqui é sobretudo uma forma de “perceber o terreno, as temperaturas e as estratégias a ter em conta para a próxima Maratona das Areias”. Depois de falar um pouco do que é o dia-a-dia de Carlos e a forma meticulosa como gere a sua actividade profissional e os seus treinos, o artigo termina com a re- velação de que Carlos Sá teve “na primeira etapa, algumas dificuldades com o calor e com o peso da sua mochila”. Todavia, hoje “sente-se em melhor forma” e explica, com um ligeiro sorriso, que “só a partir dos 50 ou 60 quilómetros de prova é que a coisa co- meça a correr bem”.


ETAPA 6


TAKKOURT N’TAKOUIT / TAZZARINE (17,5 KM)


Foram 811 os atletas que partiram para a última etapa da 26ª Maratona das Areias, ligando Takkourt N’Takouit a Tazzarine, na distância de 17,5 km. Carlos Sá tem sido um verdadeiro herói e parte na 8ª posição da Geral. Mas Marinho da Silva Teixeira e Rui


Pedras não deixam de ser heróis também, eles que têm convivido diariamente com situações extremas, da adversidade das condições climatéricas à precariedade dos cuidados de higiene.


Quanto a esta última etapa propriamente dita, Rachid El Morabity fechou com chave de ouro a sua participação na 26ª Maratona das Areias, juntando a vitória na 6ª e última etapa à conquista dum muito esforçado, su- ado, sofrido e merecido triunfo na grande prova do deserto. Mantendo sempre de- baixo de olho o seu compatriota Mohamad Ahansal, El Morabity apostou tudo na quarta etapa, a etapa-rainha desta grande epo- peia, e foi recompensado. A diferença gran-


17 JULHO 2011


43 km percorridos na Areia Início na Praia de Melides às 9h00


e final em Tróia, com previsão de chegada do 1º atleta a partir das 11h45 Divisão do Desporto da Câmara Municipal de Grândola * Tel. 269 450 083/4/5 * Fax. 269 441 018


Fax. 269 441 018


desporto@cm-grandola.pt * eventos.desporto@cm-grandola.pt www.cm-grandola.pt


4500 EUROS EM PREMIOS REM INSCRIÇÕES E REGULAMENTO DISPONÍVEIS EM http://ultramaratona-atlantica.blogspot.com Maio 2011 20 organização organização


INFORMAÇÕES


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61  |  Page 62  |  Page 63  |  Page 64  |  Page 65  |  Page 66  |  Page 67  |  Page 68  |  Page 69  |  Page 70  |  Page 71  |  Page 72  |  Page 73  |  Page 74  |  Page 75  |  Page 76  |  Page 77  |  Page 78  |  Page 79  |  Page 80  |  Page 81  |  Page 82  |  Page 83  |  Page 84  |  Page 85  |  Page 86  |  Page 87  |  Page 88  |  Page 89  |  Page 90  |  Page 91  |  Page 92  |  Page 93  |  Page 94  |  Page 95  |  Page 96  |  Page 97  |  Page 98  |  Page 99  |  Page 100