This page contains a Flash digital edition of a book.
“O século do Povo – Guerra Total” Para melhor perceção do conteúdo em estudo, a 2ª Guerra Mundial (1939 – 1945), visualizamos durante a


aula de História, um documentário interessantíssimo e chocante que nos marcou. Este inicia-se com as tão famosas máscaras de gás que caracterizaram esta época, mostrando em seguida a


partida para a guerra de jovens homens, logo após a invasão da Polónia pelos Alemães a 1 de setembro de 1939. Dois dias depois, a Inglaterra e a França declaram guerra à Alemanha, dando assim início à Segunda Guerra


Mundial. No mesmo documentário, vemos a Alemanha com um exército bem preparado, poderosas colunas de tanques


blindados e moderna aviação e artilharia, por isso, percebemos o porquê da confiança plena na sua superioridade, que os levou a avançarem com uma “guerra-relâmpago” que destruiu todas as cidades por onde passaram. As populações aterrorizadas enviavam as crianças, com números ao peito, para locais mais seguros, a fim de


os salvarem da “destruição que caía dos céus”, tal como é descrito neste documentário. Os outros países que se encontravam em desvantagem, trabalhavam agora dia e noite, contratando mulheres


para trabalharem em fábricas, muitas vezes improvisadas, para conseguirem produzir o máximo de objetos bélicos que lhes permitisse defenderem-se e atacarem o inimigo. No verão de 1940, a força aérea inglesa, ajudada pela invenção do radar, acabou por atacar a Alemanha, pro-


vocando grandes incêndios e grande destruição em várias cidades alemãs, o que dissuadiu Hitler de invadir a Grã- Bretanha, tal como foi comprovado pelos testemunhos ouvidos. Em 1941, a Alemanha atacou a U.R.S.S. alcançando vitórias rápidas sobre o Exército Vermelho. Moscovo e


Leninegrado resistiram aos Alemães contudo, tiveram muitas baixas. Na Península Balcânica os alemães ocuparam a Jugoslávia e a Grécia, acabando a Alemanha por conquistar quase toda a Europa.


No oceano Pacífico, os japoneses, que pretendiam alargar o seu domínio a toda a Ásia, capturavam homens


para conseguirem realizar obras públicas importantes, tais como aconteceu com o testemunho dado no documentário em que percebemos que estes eram obrigados a trabalhar arduamente, no projeto hidroeléctrico de Tóquio. Contudo, os japoneses viam-se confrontados com o poder e a influência dos Estados Unidos da América naquela região por isso, em dezembro de 1941, 350 aviões japoneses atacaram de surpresa e destruíram a esquadra americana estaciona- da em Pearl Harbour, no Pacífico, marcando assim a entrada dos Estados Unidos na 2.ª Guerra.


Na frente oriental, os exércitos alemães atacavam violentamente, mas acabaram fustigados pelo rigor do in-


verno que como vimos, levou à morte de milhares de alemães e russos devido também ao frio, à fome e às doenças. Os alemães acabaram por retirar-se. Na Primavera de 1945, o território Alemão foi invadido e ocupado a leste pela U.R.S.S. e, a ocidente, pelos restantes países aliados e os chefes militares alemães acabaram por render-se. A guerra terminara na Europa, mas prosseguia no Japão.


Os E.U.A lançam então, em agosto, bombas atómicas em Hiroxima e Nagasáqui, causando milhares de mortes,


destruição das cidades e milhares de doentes. Tal levou o Governo Japonês a aceitar a capitulação em setembro de 1945, terminando assim esta terrível guerra.


Após seis anos de terror, vimos os sobreviventes e os refugiados regressam a pé, em comboios ou como podiam


e deram-se reencontros emocionados nas suas cidades de origem, todas destruídas por uma guerra que jamais nin- guém poderá esquecer.


Subdepartamento de história 48


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60  |  Page 61