This page contains a Flash digital edition of a book.
edição


02 e 03 julho/2010 a junho/2011


COREN-RN: cumprindo compromissos, suscitando acontecimentos, avançando (...)


“Acreditar no mundo é o que mais nos falta; nós perdemos completamente o mundo, nos desapossaram dele. Acreditar no mundo significa, principalmente, suscitar acontecimentos, mesmo pequenos, que escapem ao controle, ou engendrar novos espaços-tempos, mesmo de superfície ou volume reduzidos’’ (Gilles Deleuze).


O


Plano de Ação do COREN-RN, gestão 2008-2011, sintetizado na edição n°


1 deste jornal, foi construído com muita ousadia e impulsionado pelas grandes expectativas


dos profissionais de


Enfermagem, ao votarem por um novo modelo de gestão da Autarquia, sem uma análise das condições objetivas para sua realização. Alguns nós críticos travaram a plena realização das sendo


ações os planejadas,


número insuficiente e carentes de melhor


principais: servidores em qualificação; inexperiência


de parte dos conselheiros para o desempenho de cargos e funções, além de pouca disponibilidade de tempo para o Conselho; falta de clareza dos profissionais sobre a importância do papel do COREN para sua prática, para a qualidade da assistência e para a valorização da profissão; além de deficiência de estrutura física e material. Apesar


disto, até este momento, a


gestão conseguiu viabilizar em torno de 65% das agendas planejadas, portanto, restando executar algumas importantes ações e projetos. Cada ano da gestão atual do COREN-RN tem sido permeado, cotidianamente, por muito trabalho interno e externo, realizado pela presidência e assessorias, servidores e conselheiros do COREN- RN, colaboradores e parcerias, na viabilização de ações e projetos, tendo alcançado nas


uma agendas grande NESTA EDIÇÃO


Editorial 1 Agenda, Leitor e Expediente 2 Em pauta 4 Rotativa e Ex libris 9 Ágora 10


Qual é a sua tese 12 Ipsis Verbis 13 Eis a questão 14 Mnemosine 15


[ 1 ] COREN/RN jornal_nune_novo.indd 1 27/07/2011 12:02:53 produção científica, política, gerencial e


administrativa, técnico- de


aprimoramento ético-profissional,


estruturantes para a organização da enfermagem. O Regional persiste e avança no cumprimento de sua missão institucional e na ousadia de inovar, crescer


social e politicamente no


âmbito da enfermagem, da saúde e da sociedade, ampliando sua visibilidade e credibilidade junto aos profissionais e estudantes de enfermagem/saúde, usuários do SUS, gestores da saúde e educação, Ministério Público, Câmara de Vereadores de Natal e Mossoró, Assembléia Legislativa do RN, outras ent idades, controle social e mídia. Na sua ag en d a administrativa cuidou de mudanças no processo de trabalho e fluxos de atendimento, visando


ampliar a capacidade de


resposta da Autarquia, em um cenário de


crescimento de demandas por


ações e serviços, e de redução do número de servidores para cobrir os setores de inscrição e cadastro, recursos humanos, administração, fiscalização, financeiro, negociação, gabinete da presidência, processamento de dados, secretaria, transporte,


procuradoria


jurídica, comissão de acompanhamento de processos éticos e comunicação. O déficit de pessoal será minimizado com o concurso público, ainda em 2011. É importante salientar a aquisição do terreno para a construção da nova sede


do COREN, em Natal. Na


sua passos escolas agenda e política deu


descentralização, de uma maior aproximação com inscritos,


importantes na direção da os


serviços


profissionais de


enfermagem e, com destaque para a construção/implementação da agenda de compromissos e ações do COREN- RN/ABEn-RN em defesa da qualidade da educação, das práticas profissionais e do fortalecimento da organização da enfermagem, com engajamento pela reativação do SINDERN, considerando a necessidade


da


valorização do trabalho, da profissão e da visibilidade positiva


da


enfermagem. Mediante avaliação


criteriosa de sua viabilidade, foram definidas prioridades a serem trabalhadas, ainda em 2011, abrangendo os


eixos: gestão, fiscalização e,


qualidade da Enfermagem na saúde, a saber: Quanto à Gestão: Eleição dos conselheiros para a gestão 2012-2014; continuidade de debates temáticos e


respectivos produção


aquisição de informática, de


de vídeo institucional; equipamentos projeção para


encaminhamentos; de


o


projeto acolher; agenda de Educação Permanente e pendências do PCCS dos servidores; realização do concurso público; ginástica laboral para os servidores; andamento aos processos para construção da sede do COREN


em Natal; substituição de parte da frota de veículos; participação em eventos nacionais: (CBCENF, CNS, continuar


organização do CBEn); arquivo,


dentre outras. No tocante à fiscalização: ampliação e formalização das parcerias; assessoria e capacitação para subseções; discussão com RT`s sobre dimensionamento de pessoal; aquisição de câmera fotográfica, e projetor; evento sobre dinâmica de funcionamento da Unidade de Fiscalização. Sobre qualidade da enfermagem na saúde está


prevista a criação de câmara


técnicas com especialistas; elaboração de projeto de estudo sobre prevalência de úlcera de pressão em unidades de saúde no RN; conclusão do concurso literário comemorativo dos 35 anos do COREN-RN;


agilidade nos processos


éticos. Para uma agenda afirmativa no COREN- RN é imprescindível a vivência diária de acolhimento em todos os micro-espaços de gestão, com melhoria nas relações interpessoais que conjugam razão, sensibilidade e inteligência emocional no


trabalho. coletiva começa em cada


Portanto, a mudança indivíduo


como iluminou Gandhi quando afirmou “seja a mudança que quer ver no mundo”.


Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16